Sem conseguir vaga olímpica em Mundial, canoístas miram Pan

Os canoístas brasileiros mostraram evolução no Campeonato Mundial 2011, evento que reuniu mais de mil atletas de 88 países em Szeged, na Hungria. Os atletas estiveram presentes em três finais A, duas B e uma C, apenas neste domingo, nas provas de 200 metros.

No C1 masculino 200 m, Nivalter Santos ficou muito próximo da vaga para os Jogos Olímpicos Londres 2012. Ele terminou a prova na 8ª posição, com 40s743, e ficou a centésimos da classificação.

O Campeonato Mundial definiu 71% (108 cotas no masculino e 68 no feminino) das vagas da canoagem velocidade para Londres 2012, e aqueles atletas classificados no Mundial estão fora das brigas pelas vagas nos torneios continentais. Agora os atletas dos países do continente americano disputam as demais vagas destinadas aos Jogos Pan-Americanos Guadalajara 2011, em outubro, no México.

Os canoístas brasileiros também estiveram presentes em mais quatro finais A da competição. No C1 Feminino 200 m, Maisa Aparecida chegou na 8ª colocação com 53s040. Os jovens Erlon Souza e Ronilson Oliveira conquistaram a 6ª colocação no C2 masculino 200 m com o tempo de 38s241.

Os canoístas brasileiros ainda participaram de duas finais nas provas de 5.000 metros. No C1 masculino 5000m, Isaquias Queiroz terminou a prova em 6º lugar com 24m24a597 e, no K1 feminino 5000m, Ana Paula Vergutz chegou na 24ª colocação com o tempo de 25m11s020.