Em Santa Catarina, Vitória faz jogo de seis pontos e tenta G-4

Embalado depois de dois triunfos consecutivos, o Vitória tem mais um duelo nesta terça-feira, agora contra o Criciúma, para cultivar a meta estabelecida pela diretoria na última semana: vencer todas as partidas restantes da primeira fase da Série B do Campeonato Brasileiro.

Como já ganhou do Americana na última sexta-feira, por 5 a 2, a equipe rubro-negra só tem mais três jogos, a contar com o de hoje, para cumprir a missão e chegar ao final do turno com 32 pontos.

Além disso, o time baiano quer quebrar o tabu diante do Criciúma jogando em Santa Catarina. São 23 anos sem vencer a equipe do Sul do Brasil. O último triunfo foi pela Série A do Campeonato Brasileiro de 1988, quando o Vitória venceu por 1 a 0. De 88 até hoje, foram sete jogos, com três empates e quatro derrotas.

Apesar do anseio, o Vitória terá dificuldades para vencer o Criciúma, pelo menos se as estatísticas se confirmarem. Neste Brasileiro, dos oito jogos disputados em seu estádio, o time catarinense só perdeu um.

Além disso, o confronto é encarado pelos dois times como um jogo de seis pontos, pois ambos têm a mesma pontuação: 23 cada. O Vitória aparece em sexto lugar e Criciúma em oitavo, por ter mais vitórias no campeonato. São sete contra seis.

Com um triunfo, o clube baiano poderá terminar a rodada entre os quatro primeiros colocados. Vitória e Criciúma se enfrentam no estádio Heriberto Hulse, em Santa Catarina. A partida será logo mais, às 19h30 (de Brasília), pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.