Relação entre a Rede Globo e Ricardo Teixeira estremece após reportagem

O jornal Folha de S. Paulo revela na edição desta segunda-feira que a relação entre a Rede Globo e o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, ficou estremecida depois de uma reportagem veiculada no Jornal Nacional, no último sábado, sobre os gastos públicos irregulares do governo do Distrito Federal no jogo entre Brasil e Portugal, realizado em 2008. 

Na visão da confederação, a grande motivadora da reportagem foi a mudança nos horários dos jogos do Campeonato Brasileiro, que excluiu partidas às 21h aos sábados.

A Globo quer mostrar independência de seu jornalismo, mesmo com um de seus braços trabalhando em setores da organização da Copa do Mundo. Apesar das críticas, as relações comerciais entre os dois órgãos permanecem vigentes. 

A Geo Eventos, empresa ligada à Globo, foi, inclusive, a responsável pela organização do sorteio das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, que ocorreu em julho, no Rio de Janeiro, e custou R$ 30 milhões pagos pelo Governo do Estado e da Prefeitura.