Na Ilha do Retiro, Portuguesa bate Sport e vence 4ª seguida fora

A Portuguesa segue impossível na Série B do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, contra o Sport na sempre dura Ilha do Retiro, a equipe do treinador Jorginho arrancou sua quarta vitória consecutiva jogando como visitante e ganhou ainda mais fôlego na liderança da competição. Edno, Henrique e Marco Antônio marcam no triunfo por 3 a 2.

Bem postada, Portuguesa arranca vitória no Recife

Mesmo sem contar com o volante Guilherme, um dos destaques da Série B, a Portuguesa conseguiu a vitória na Ilha do Retiro graças a um bom posicionamento defensivo e a eficiência que tem caracterizado o time de Jorginho.

Coube à Portuguesa a primeira boa oportunidade do jogo, com Ananias. De longe, o meia arriscou chute aos 6min e exigiu trabalho do experiente goleiro Magrão. O Sport respondeu com dois lances de muito perigo, mas que não terminaram com gol.

Aos 11min, o atacante Paulista fez boa jogada e serviu Diego Torres, freado por Weverton. Revelado no Corinthians, o goleiro reapareceu logo em seguida para segurar cabeçada do centroavante Júnior Viçosa.

Fechada na defesa, a Portuguesa por pouco não conseguiu vantagem no placar naquele que foi o último lance do primeiro tempo. Em jogada rápida de contra-ataque, Marcelo Cordeiro lançou Edno em profundidade. Perto da pequena área, o centroavante chutou por cima e despediçou boa chance.

Com Willians no segundo tempo, o Sport tentou mais velocidade na frente. Foi justamente o ex-palmeirense, aos 5min, que criou boa chance e serviu Marcelinho Paraíba. Atento, Weverton saiu do gol e impediu a finalização.

Eficiente, a Portuguesa abriu o marcador aos 11min e jogou um balde de água fria nas pretensões do Sport, que jogava no campo de ataque. Capitão da equipe, Marco Antônio cobrou falta milimétrica, de longe, e venceu o goleiro Magrão.

Em velocidade, Edno foi o arquiteto do segundo gol da Portuguesa. Aos 23min, ele disparou pela ponta esquerda e soltou um foguete. Esperto no rebote, Henrique empurrou para o gol vazio e piorou a situação do time da casa. O Sport ainda reagiu logo depois: após escanteio, Willians pegou bola solta na área e diminuiu. Mas foi em vão.

Por intermédio de mais um contragolpe pela esquerda, Ananias foi derrubado na área e a arbitragem marcou pênalti. Edno, em ótima fase, fuzilou o goleiro Magrão e fechou o caixão do Sport. Nos acréscimos, Maylson ainda diminuiu para os pernambucanos.

Ficha do jogo:

Sport 2 x 3 Portuguesa

Gols Sport: Willians, aos 27min, e Maylson, aos 46min do 2º tempo

Portuguesa: Marco Antônio, aos 11min, Henrique, aos 23min, e Edno, aos 39min do 2º tempo

Sport: Magrão; Thiaguinho, Tobi, Gabriel e Wellington Saci; Hamilton, Rithelly, Diego Torres (Bruno Mineiro) e Marcelinho Paraíba (Maylson); Júnior Viçosa e Paulista (Willians)Treinador: Mazola Júnior

Portuguesa: Weverton; Luís Ricardo, Mateus, Rogério (Leandro Silva) e Marcelo Cordeiro; Ferdinando (Renato) e Boquita; Henrique, Marco Antônio (Ivo) e Ananias; EdnoTreinador: Jorginho

Cartões amarelos Sport: Thiaguinho, Hamilton e MaylsonPortuguesa: Boquita, Leandro Silva e Mateus

Árbitro Wagner do Nascimento Magalhães (RJ) 

Local Estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE)