Autor de voadora, goleiro é aceito de volta aos juniores do Sport

Autor de uma voadora que chamou a atenção de todas os meios de comunicação brasileiros, o goleiro Gustavo continua recebendo acompanhamento psicológico, mas voltará a treinar entre os juniores do Sport. "A partir de amanhã ele já estará treinando novamente aqui. Isso foi um exemplo, para todos os que trabalham aqui, todos os meninos. E ele só foi readmitido por conta da postura que ele teve após o episódio", disse o presidente do clube, Gustavo Dubeux, em coletiva à imprensa.

A cena grotesca ocorreu durante a partida entre Vasco e São Paulo, pela Taça BH. O dirigente contou que, após ter protagonizado o episódio, "Gustavo veio aqui pedir um perdão da nossa parte. Isso foi analisado. Eu analisei não só da minha consciência, mas pegamos dados. Conversei com o pessoal da diretoria, com o próprio Cícero (Souza, diretor executivo de futebol do Sport), que me deu todo o histórico dele, que nunca tinha tido nenhum tipo de indisciplina, nenhum outro tipo de agressão, como foi aquela", explicou.

Para o dirigente, que até brincou afirmando que o clube poderia ter uma grande revelação na próxima Copa São Paulo de Juniores, "todo ser humano tem o direito de ter uma nova chance".