Coreano frustra torcida chinesa e leva 1º ouro da natação

O sul-coreano Park Tae-Hwan não deu ouvidos à ensurdecedora torcida chinesa pelo nadador local Sun Yang e confirmou o favoritismo para vencer o primeiro ouro do Mundial de Xangai, nos 400 m livre. Park nadou para 3min42s04 e superou Sun, que ficou apenas com a prata. O bronze foi do alemão Paul Biedermann, atual detentor do recorde mundial e campeão da prova no Mundial de Roma, em 2009.

Em uma prova repleta de candidatos ao pódio, Park e Sun se destacaram pelo apoio que receberam das arquibancadas no Estádio Sea Crown. Após se classificar apenas em sétimo e nadar na raia 1, Park entrou no ginásio sob os coordenados aplausos da torcida sul-coreana. Já Sun, que apareceu com fones de ouvido, foi simplesmente ovacionado pela maioria chinesa presente ao local.

Quando a prova começou, Park logo disparou na frente, enquanto Sun e Biedermann preferiram iniciar a prova em ritmo mais lento. O sul-coreano só perdeu a ponta nas viradas dos 200 e 250 m, quando o francês Yannick Agnel liderou. Após passarem boa parte da prova em quinto e sétimo, Sun e Biedermann aceleraram nos últimos 100 m e ultrapassaram todos os concorrentes - menos Park.