Atletismo feminino brasileiro conquista prata nos 100 metros e no salto triplo

 O Brasil conquistou mais duas medalhas de prata no atletismo feminino nos Jogos Mundiais Militares. Keila Costa ficou em segundo lugar no salto triplo, com a marca de 14 metros e 11 centímetros, atrás apenas da italiana Simona La Mantia, que saltou 14 metros e 19 centímetros. Em terceiro lugar chegou a ucraniana Rusiana Tsykhots´ka, com 14 metros e 5 centímetros.

“Eu queria o ouro, mas foi uma boa marca. Estou feliz e sábado estarei competindo no salto em distância, atrás da minha melhor marca. Aí sim vou buscar o ouro. Eu quero muito mais”, disse Keila, logo após o último salto.

Nos 100 metros rasos, Ana Silva garantiu um segundo lugar, com tempo de 11 segundos e 37 centésimos, ficando atrás da ucraniana Mariya Ryemyen, com 11 segundos e 34 centésimos. A medalha de bronze foi conquistada por outra representante da Ucrânia, Olesya Povkh, com tempo de 11 segundos e 49 centésimos.

Ana demonstrou frustração por não conquistar o ouro, mas disse estar confiante para a próxima prova. “O ideal seria o ouro, mas o que eu pude fazer hoje valeu para a prata. Amanhã tem mais e eu espero fazer o meu melhor e trazer o ouro”, disse Ana, que ainda busca o índice de 11 segundos e 13 centésimos para competir nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, em outubro.