Belfort sonha com vitória para obter revanche contra Anderson Silva

Único brasileiro no card principal do UFC 133, que será realizado no próximo dia 6, na Filadélfia, Vitor Belfort está nos Estados Unidos, concentrado para o combate contra o japonês Yoshihiro Akiyama. Embora ainda tenha o adversário oriental pela frente, o brasileiro não escondeu o desejo de reencontrar o rival Anderson Silva, em um futuro mais próximo possível.

"Quero enfrentar o vencedor do combate entre o Anderson (Silva) e o (Yushin) Okami. Espero que o UFC (Ultimate Fighting Championship) possa colocar o vencedor no meu caminho", desejou o lutador, em entrevista concedida ao seu site oficial, antes de rapidamente retomar o foco para o combate do dia 6. "O futuro é um cheque pré-datado, estou focado no Akiyama. Tudo o que tenho estou investindo no UFC 133, estou treinando para isso", completou.

Ex-campeão da categoria dos meio-pesados do UFC, Vitor Belfort reduziu o peso e teve a oportunidade de encarar Anderson Silva pela primeira vez no dia 5 de fevereiro deste ano, em um embate que mudou a história do MMA (Artes Marciais Mistas, em inglês) no País.

No combate que atraiu a maior atenção do público brasileiro desde a fundação da marca, o carioca, no entanto, acabou nocauteado de uma forma impressionante. Com menos de quatro minutos do primeiro round, Belfort recebeu um chute frontal de Anderson Silva, que manteve o cinturão dos pesos médios.

Para reencontrar o último algoz no UFC, Belfort terá que passar por Akiyama, e torcer para Anderson Silva manter o título da categoria no UFC 134 - no dia 27 de agosto, no Rio de Janeiro, o paulistano fará a principal luta da noite diante de Okami, no segundo evento da marca a ser realizado no Brasil.

Recuperado do golpe aplicado pelo rival e focado na reabilitação no evento, Vitor Belfort espera uma exibição convincente para novamente se credenciar a disputar o título dos médios. "Tenho certeza que estarei com a mão levantada no dia 6 de agosto. Faltam três semanas, é lapidação. Agora é preparar para este final e ir para a alegria", discursou.