Paraguai e Equador ficam no 0 a 0 pela Copa América 

Paraguai e Equador empataram por 0 a 0 na partida disputada neste domingo, na cidade argentina de Santa Fé, pela primeira rodada do Grupo B da Copa América. 

Com o resultado, as duas seleções se igualam a Brasil e Venezuela, que também ficaram no 0 a 0 na abertura da chave. 

No estádio Estanislao López, os primeiros minutos foram dos paraguaios, que em meio a um amplo domínio tiveram a chance de marcar com o volante Edgar Barreto, aos 13 minutos. 

A jogada teve início com o atacante Marcelo Estigarribia, que entrou pela esquerda e entregou de bandeja para Barreto, que ficou cara a cara com Marcelo Elizaga mas o goleiro levou a melhor. 

Aos 19 minutos, a oportunidade foi do meia Néstor Ortigoza, mas Elizaga, o nome do jogo, fez uma ponte espetacular e tirou a bola junto à trave. 

A partir daí, o Paraguai perdeu o ímpeto ofensivo e entraram em cena os velozes atacantes equatorianos, liderados pela direita pelo perigoso Antonio Valencia. 

A chance mais clara do Equador surgiu aos 27, quando Cristian Benítez ficou cara a cara com o goleiro Justo Villar, que salvou milagrosamente. 

Diante da reação equatoriana, os paraguaios acabaram no lucro com o empate ao final da primeira etapa. 

No segundo tempo, o Paraguai voltou a atacar com força e número, mas encontrou um paredão em Marcelo Elizaga, que garantiu o empate até o fim. 

O Equador teve uma chance aos 3 minutos, com o atacante Felipe Caicedo, que girou e arrematou, exigindo boa defesa de Villar. Dois minutos depois, foi a vez de Arroyo acertar uma bomba. 

O Paraguai respondeu aos seis minutos, com Santa Cruz entrando pela esquerda e cruzando para o centro da área, onde Estigarribia não completou por muito pouco. 

Aos dez minutos, após jogada individual de Estigarribia pelo lado esquerdo, Roque recebeu um cruzamento na medida, mas a conclusão de cabeça foi desviada por Marcelo Elizaga. 

Aos 74, Nelson Haedo acertou um míssil rasteiro que passou raspando a trave esquerda do gol equatoriano. 

Com a aproximação do fim, os dois times se conformaram com o empate, apesar dos esforços do técnico paraguaio, que trocou Santa Cruz pelo atacante Pablo Zeballos, que ainda ameaçou com um chute que Elizaga defendeu. 

Aos 41, Caicedo testou Villar com um tiro que o goleiro paraguaio deteve sem grande dificuldade. 

Na segunda rodada da chave, o Brasil pega o Paraguai, em Córdoba, enquanto o Equador enfrenta a Venezuela, em Salta, no dia 9 de julho.