Técnico "foge" e presidente promete choque no São Caetano

O São Caetano estava com a vitória nas mãos, batia o Sport em casa por 3 a 1 quando sofreu o empate no segundo tempo. Com o resultado, o time ficou na 14ª colocação e apenas a um ponto da zona de rebaixamento. Após a partida, o técnico Márcio Goiano não concedeu entrevista. Nervoso, sentiu a pressão com a possível demissão, algo descartado pelo presidente.

"O Márcio só deixa o São Caetano se quiser. O São Caetano não vai mais mudar de treinador. É uma situação que aprendemos com o tempo. É preciso paciência, mas o elenco precisa render mais", afirmou o mandatário Nairo Ferreira de Souza após o jogo.

Segundo ele, o técnico "está garantido no cargo". Neste domingo o elenco folga. No dia seguinte, Nairo promete ir ao treino falar com o elenco. "É preciso dar um choque nos jogadores. A culpa não pode sempre cair sobre o técnico", finalizou.

O São Caetano, que acumula apenas 10 pontos de 27 disputados (duas vitórias, quatro empates e três derrotas, com aproveitamento de 37%), volta a campo na próxima sexta-feira, em Goiânia, contra o Vila Nova.