A caminho da 4ª Copa, Lúcio protege Neymar e garotos da Seleção

 

 02 de julho de 2011 • 21h11 • atualizado às 21h28 Comentários 0 NAVIGATION //--> Notícia NAVIGATION //--> Reduzir Normal Aumentar Imprimir F Direto de Los Cardales (Argentina)

Lúcio reafirma desejo de se manter na Seleção e disputar Copa de 2014 Foto: Ricardo Matsukawa/Terra

A condição de capitão de Lúcio na Seleção Brasileira é incontestável. Com três Copas do Mundo disputadas e dentro do início de trabalho que pode levá-lo à quarta, o experiente jogador assume o papel de líder da equipe e de protetor dos jovens ainda em busca de experiência em seleção.

"Acredito que todos os momentos na Seleção são marcantes. Sem dúvida a gente procura passar tudo para os mais novos. Sem dúvida, o nosso desempenho dentro do campo é o que nos faz permanecer na Seleção", disse.

Na preparação para a Copa América, o maior cuidado de Lúcio e dos mais experientes é com o atacante Neymar. O jogador, 19 anos, jogará a sua primeira competição pela Seleção principal e já tem status de astro, ofuscando até mesmo aqueles que há mais tempo defendem o Brasil.

"Acredito que o Neymar é um grande jogador e todos que estão ao seu redor vão passar tranquilidade para ele seguir com bom futebol", afirmou o capitão, titular da Seleção desde 2001.

Os dez anos servindo a Seleção servem para Lúcio ter conhecimento de como uma preparação deve ser feita para se obter sucesso. A receita explicada pelo zagueiro envolve controle na descontração com foco na hora de a bola rolar.

"Todo mundo está em busca de título, por isso cobramos cada vez mais do time. Temos que ter autocrítica. Alegria, brincadeira e descontração existem, mas na hora que o jogo começa tem que ter seriedade e se doar totalmente para a Seleção", afirmou.

Neste ritmo de conselheiro e jogador ainda importante dentro do grupo, Lúcio diz que trabalha para estar na Copa de 2014. "Convicção ninguém tem e as coisas podem mudar muito rápido a cada dia. Meu sonho é participar da Copa e vencer, e para isso vou me preparar bem e me cuidar", completou.