Cícero chega ao Brasil para assinar com o São Paulo, mas clube nega

Para evitar que a crise ganhasse força, e com a pressão sobre o técnico Paulo César Carpegiani, o São Paulo não demorou para apagar um possível incêndio nos bastidores. Após derrotas para Corinthians (5 a 0) e Botafogo (2 a 0), em pleno Morumbi, o clube definiu no início da tarde desta sexta-feira a primeira contratação. O meia Cícero, do Wolfsburg-ALE e ex-Fluminense, é o novo reforço para o meio-campo tricolor para o Campeonato Brasileiro, segundo apurou o Terra.

Apesar de a diretoria não confirmar, o jogador, 26 anos, já definiu contrato com o clube e será registrado ainda nesta sexta como solução para as saídas temporárias de Lucas e Casemiro para a Seleção Brasileira principal e Sub-20, respectivamente. Ambos não estarão em campo contra o Flamengo, na quarta-feira. Assim, Marlos é a esperança no setor, enquanto Rivaldo aguarda uma oportunidade.

A documentação de Cícero está em ordem e o anúncio à imprensa deve ocorrer nas próximas horas. A apresentação do meia, que estava na Alemanha, deve ocorrer neste sábado no CT da Barra Funda. O jogador está desvinculado do Wolfsburg, não trará custos ao São Paulo em sua contratação, e o tempo de contrato será revelado juntamente com o anúncio oficial.

"Não falamos de contratações sem apresentar e estar tudo completamente acordado. Isso atrapalha, gera expectativa nos torcedores e especulações que atraem concorrentes", desconversou João Paulo de Jesus Lopes, vice-presidente de Futebol ao Terra