Kvitova derrota Azarenka e chega à final de Wimbledon

A checa Petra Kvitova bateu a bielorrussa Victoria Azarenka por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 3/6 e 6/2, na semifinal do torneio de Wimbledon. Agora, a cabeça de chave número oito do torneio aguarda a vencedora do duelo entre a russa Maria Sharapova, cabeça de chave número dois, e a alemã Sabine Lisicki, para saber quem será sua adversária na final do tradicional Grand Slam inglês.

Kvitova dominou o primeiro set. Apesar de quase ter seu serviço quebrado no primeiro game, a tenista checa se defendeu bem e conseguiu quebrar o serviço de Azarenka no terceiro. Cometendo mais erros que sua adversária, Azarenka também teve seu serviço quebrado no quinto game. Com isso, Kvitova fechou o primeiro set com facilidade por 6/1.

No segundo set, a tenista bielorrussa se recuperou. Após confirmar seu serviço, Azarenka conseguiu dois break points ao fazer 15-40 e quebrou o saque da adversária. No terceiro game, Kvitova até teve a chance de devolver a quebra, mas perdeu seu break point e viu sua adversária abrir três games de vantagem. Com a reação da adversária, Kvitova mostrou nervosismo e cometeu muitos erros não forçados, dando novas chances para Azarenka quebrar seu serviço, porém, a tenista bielorrussa não conseguiu aproveitar as oportunidades. Mesmo assim, a vantagem obtida nos primeiros games foi suficiente para Azarenka fechar o segundo set por 6/3.

Já no terceiro, e decisivo, set, quem começou se destacando foi Kvitova. A checa confirmou seu serviço no primeiro game e, após conseguir dois break points, quebrou o saque de Azarenka. No quinto game, foi a vez da bielorrussa conseguir dois break points, ao fazer 15-40, mas Kvitova conseguiu se defender bem, empatou o game em 40-40, abriu vantagem e confirmou seu serviço com um belo ace. No oitavo game, Kvitova manteve o bom momento e quebrou novamente o serviço de Azarenka fechando o set por 6/2 e garantindo sua vaga na final.