Nadal vence 40° partida em Roland Garros e vai à 3° rodada

Rafael Nadal, que na primeira rodada precisou de cinco sets para passar pelo americano John Isner, voltou a ter dificuldades em Roland Garros. Nesta quinta-feira, o número 1 do mundo precisou de três horas e 15 minutos para superar seu compatriota Pablo Andujar, atual número 48 do mundo, parciais de 7/5, 6/3 e 7/6 (4). A vitória de Nadal foi a 40° em 41 jogos disputados em Roland Garros.

O desgaste nas primeiras rodadas em Paris é uma situação inédita para Nadal, que já foi campeão de Roland Garros sem perder sets e, até a primeira rodada nesta temporada, nunca havia disputado uma partida de cinco sets.

Nadal, atual número 1 do mundo, busca em Paris seu sexto título em Roland Garros, seu décimo em torneios do Grand Slam. Com cinco conquistas, ele é o segundo maior vencedor da história do torneio, com uma a menos que o sueco Bjorn Borg, que brilhou nos anos 70 e 80.

Irregular, Nadal foi, ao longo de toda a partida, incapaz de dominar os pontos como habitualmente o faz no saibro. O jogo de fundo de quadra do espanhol, que em outros anos beirava a perfeição, na partida de hoje foi hesitante e resultou em muitos erros não forçados.

O momento mais fraco do tênis do número 1 do mundo foi o terceiro set, em que Nadal permitiu a seu adversário abrir 5 a 1. Na mesma parcial, porém, o espanhol mostrou por que está no topo do tênis mundial, quebrando três vezes o serviço do rival e levando o jogo para o tie break.

No tie break, Nadal se aproximou de seu melhor tênis, com ótima movimentação e poucos erros não forçados, e voltou a ser dominante,fechando, sem problemas, o game decisivo, por 7 a 4.

Na próxima rodada, Nadal enfrenta o vencedor do confronto entre Nikolay Davydenko, da Rússia, e Antonio Veic, da Croácia.