Meia do Fla, Renato afasta oba-oba, mas pede reconhecimento

 

Renato elogia ambiente do elenco rubro-negro Um clube grande como o Flamengo tem sempre que pensar em vencer seus jogos, seja em casa, fora e contra quem for. Cientes de que essa cobrança existirá em todos os momentos e competições que o clube disputa, os jogadores não querem elogios exagerados, mas pedem reconhecimento quando seguem à risca o ‘mandamento rubro-negro’ de vencer, vencer, vencer.

Um dos mais experientes do elenco atual, o meia Renato sabe que a boa vitória diante do Avaí foi importantíssima. Deu confiança para o elenco continuar fazendo seu trabalho, visando mais uma vitória, desta vez diante do Bahia, e provou o que os próprios atletas já vinham afirmando: o Flamengo está em evolução.

"Os questionamentos em cima dos nossos resultados não incomodam. Sabemos que sendo o Flamengo sempre se tem motivo para questionar. Me lembro que contra o Ipatinga, em 2006, aconteceu a mesma coisa. Vencemos e falaram que era uma equipe que não tinha força. Agora, contra o Avaí, foi a mesma coisa. Só que não tem essa de melhor e pior. Temos que pensar sempre em conseguir os resultados. Só pensamos nisso e o que vem de fora não vai nos atingir", explicou Renato.

E o ambiente no Flamengo é o melhor possível para criar uma barreira contra essas críticas excessivas. Afinal, dentro do elenco a confiança prevalece e continuará assim durante toda a temporada.

"Nunca tive um ambiente tão bom como tenho aqui no Flamengo. Viemos de uma conquista no Estadual e vencemos bem na estreia do Brasileiro. O nosso time é unido. Problemas todo mundo tem, até na casa de vocês (jornalistas) deve ter. Hoje vivemos um momento muito bom aqui", encerrou Renato.