Jogadores do Bahia e Vitória se estranham fora de campo

A rivalidade entre os jogadores do Bahia e Vitória vai muito mais além das quatro linhas do campo. Após o Bahia confirmar a contratação do meia Nikão, ex-Vitória, e a equipe tricolor amargar a primeira derrota pelo Campeonato Brasileiro da Série A, o atacante Neto Baiano resolveu, mais uma vez, soltar o verbo em direção à equipe tricolor.

"Esses últimos dias foram felizes para mim. A gente (o Vitória) ganhou e o Bahia perdeu", festejou Neto Baiano. O jogador também não deixou passar em branco a contratação de Nikão pelo arquirrival. "Eu não deixo ele ir para o Bahia. Ele é meu filho. Eu que trouxe ele pra cá", afirmou Baiano em tom de brincadeira.

Para o jogador, esse tipo de polêmica é saudável, pois aumenta a rivalidade entre os clubes. "Tem que ter assunto. Daqui a pouco Souza e Ávine vão falar", profetizou o atacante, e o presságio se cumpriu. "Ele joga em que divisão? Ele precisa jogar mais, falar menos e respeitar o Bahia", rebateu o também atacante Souza.

O jogador do Bahia foi bem mais além: "Ele tem que ficar calado. A cada gol que ele fez na Série A, eu boto mais um pra ele. Ainda assim, ele não chega à metade dos gols que fiz na primeira divisão", provocou o ex-corintiano.