Audiência pode mudar valores de contratos de clubes com a Globo

O valor que os clubes receberão da Rede Globo pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro poderá ser reajustado anualmente, conforme a audiência que cada time tiver na competição. A cláusula vale para todas as equipes. Procurada, a Globo limitou-se a dizer que os termos do contrato são confidenciais. As informações são da Folha de São Paulo.

Nesta terça-feira, o São Paulo cedeu e acertou com a emissora carioca. Um dos últimos da Série A a assinar o contrato (faltam ainda Atlético-MG e Atlético-PR), o clube do Morumbi deve receber cerca de R$ 110 milhões anuais. O valor é semelhante ao que receberão Palmeiras, Santos e Vasco. Somente Flamengo e Corinthians arrecadarão mais.

O presidente do Tricolor, Juvenal Juvêncio, que até então defendia a licitação promovida pelo Clube dos 13 e vencida pela Rede TV!, elogiou rede de televisão. "É uma parceira histórica do futebol brasileiro. A possibilidade de poder estender essa parceria por mais quatro anos é, para o São Paulo, motivo de enorme satisfação. Estamos muito contentes com o grande resultado obtido nas negociações".

Estão acertados com a Globo, Bahia, Botafogo, Corinthians, Coritiba, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Inter, Palmeiras, Santos, São Paulo, Sport, Vasco e Vitória.

Contrato com a Rede TV! é anulado

Após uma longa batalha, o Clube dos 13 recuou e anunciou, em assembleia realizada no dia 3 de maio, que a licitação vencida pela Rede TV!, em março, seria desconsiderada. Desse modo, a Rede Globo terá os direitos de transmissão dos Campeonatos Brasileiros de 2012, 2013 e 2014.

A emissora carioca não participou do processo organizado pela entidade e abordou diretamente os clubes, que acreditavam poder conseguir contratos mais vantajosos negociando individualmente. A Rede TV!, por sua vez, ofereceu R$ 1,548 bilhão para transmitir jogos de todas as equipes.