Com foco em 2016, governo de SC distribui R$ 1 mi para jovens talentos

O governo de Santa Catarina promoveu na noite de terça-feira a entrega de R$ 1 milhão para 78 atletas que participaram de um projeto olímpico desenvolvido pelo Estado. Um dos objetivos é começar um trabalho de preparação de talentos visando os Jogos Olímpicos de 2016, que serão disputados no Rio de Janeiro.

No total, jovens atletas de 19 modalidades, incluindo algumas que não integram as Olímpiadas, foram contemplados com o patrocínio, fruto de recursos do Fundo Estadual de Incentivo ao Esporte.

De acordo com o secretário de Turismo, Cultura e Esporte, César Souza Júnior, o projeto faz parte de um "esforço olímpico" do Estado para ajudar o desempenho do Brasil na Olimpíada de 2016.

"Esse é o esforço olímpico que fazemos para ajudar nosso país. Temos a convicção de que muitos desses atletas estarão representando o país nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016", afirmou. "Além disso, eles estarão representando Santa Catarina pelo Brasil afora. Por isso estendemos nossa mão amiga para que eles possam ter um bom desempenho".

Além de jovens que estão iniciando a prática de esportes em alta competitividade, atletas já consagrados também foram contemplados com o patrocínio, como o iatista Bruno Fontes. Integrante da equipe de vela olímpica brasileira, o catarinense conta com vários títulos no currículo, incluindo um sul-americano e um tricampeonato brasileiro da classe laser.

A surfista Jaque Silva, campeã mundial do WQS em 2007, também foi uma das que compareceu à solenidade para receber o patrocínio. Mesmo de muletas, após sofrer um acidente de trânsito na Austrália, a surfista elogiou a iniciativa. "É importante para o desenvolvimento do esportista e tive a felicidade de contar com o apoio", disse. "Infelizmente sofri esse acidente, mas pretendo voltar logo às competições".

As modalidades de karatê, triatlo, tênis, hipismo, caratê e iatismo foram as que tiveram o maior número de atletas patrocinados. Entretanto, o governo catarinense também decidiu investir em praticantes de tiro, golfe, motocross, halterofilismo, natação, windsurfe, atletismo, taekwondo, patinação, remo e xadrez