Santa Cruz vence Sport e fica próximo de quebrar tabu

O Santa Cruz está muito perto de se tornar campeão pernambucano e acabar com o sonho do hexacampeonato do rival. Na primeira partida da decisão do Estadual, a equipe derrotou o Sport por 2 a 0, em plena Ilha do Retiro, neste domingo.

Com o resultado a equipe tricolor pode perder por dois gols de diferença no Arruda para levantar a taça no próximo domingo e quebrar o tabu de seis anos sem títulos do Campeonato Pernambucano.

O atacante Gilberto abriu o marcador aos 33min com um golaço. Na etapa final, o companheiro de ataque Landu colocou números finais na primeira decisão do pernambucano aos 20min.

O jogo

O jogo na Ilha do Retiro começou truncado, com Thiago Matias e Wellington Saci recebendo cartão antes do dez minutos. Aos 10min, Bruno Mineiro foi derrubado na entrada da área e o árbitro Cláudio Mercante apitou falta. Os jogadores do Sport reclamaram muito de pênalti, mas o juiz não voltou atrás na decisão. Marcelinho Paraíba cobrou a falta, mas o chute passou por cima do gol.

O Sport era melhor em campo a chegava bem pelas laterais do campo. Aos 21min, o técnico Zé Teodoro fez a primeira a substituição no Santa Cruz, sacando o defensor Thiago Matias, que já tinha recebido o cartão amarelo, para a entrada do também zagueiro André Oliveira.

Mesmo inferior no clássico, o Santa Cruz conseguiu abrir o marcador aos 33min. De fora da área, o atacante Gilberto chutou com força e acertou o ângulo esquerdo de Magrão, marcando um golaço na Ilha do Retiro.

O Sport tentou responder de imediato. Dois minutos depois, Ciro finalizou para defesa de Tiago Cardoso. No rebote, Bruno Mineiro finalizou para fora. Aos 40min, Wesley e Hamilton se desentederam e começaram uma confusão no gramado da Ilha do Retiro. O técnico Zé Teodoro tentou tirar os seus jogadores, mas acabou empurrado pelo atacante adversário Bruno Mineiro.

Apesar do total domínio da posse de bola da equipe do Sport, que chegou a 68%, foi o Santa Cruz que teve a última chance de marcar gol nos primeiro quarenta e cinco minutos. Aos 44min, Landu arriscou e Magrão fez grande defesa ao espalmar.

As equipes voltaram no ataque na segunda etapa e o jogo pegou fogo na Ilha do Retiro. Aos 5min, o lateral Renato fez grande jogada, invadiu a área, mas finalizou para longe do gol. O Santa Cruz respondeu dois minutos depois. Gilberto recebeu passe dentro da área, driblou a marcação e finalizou. A bola passou rente à trave, para alívio do goleiro Magrão.

Em busca do gol de empate para diminuir a vantagem do Santa Cruz na final, o Sport continuou atacando. Aos 9min, após cruzamento na área, Bruno Mineiro cabeceou. Bem posicionado, o goleiro Tiago Cardoso defendeu bem e segurou a bola.

A equipe rubro-negra continuou pressionando e despediçou nova chance aos 17min. De peixinho, Ciro cabeceou no canto direito e Tiago Cardoso fez grande defesa. Dois minutos depois, Wellington Saci arriscou de fora da área e o arqueiro do Santa Cruz voltou a fazer grande defesa.

Apesar da pressão do Sport, foi o Santa Cruz que marcou o segundo gol e se aproximou do título pernambucano. Aos 20min, Renatinho fez grande jogada individual e rolou para Landu, na entrada da área. O atacante chutou forte, sem chances de defesa para o goleiro Magrão.

Com o segundo gol, o Santa Cruz se aproveitou do abatimento do Sport e chegou com perigo nos contra-ataques. Aos 32min Gilberto chutou rasteiro e Magrão fez boa defesa ao salvar a finalização do adversário com os pés. Três minutos depois, Thiago Cunha ficou frente a frente com Magrão, mas o goleiro foi bem e salvou o Sport.

A equipe rubro-negra desperdiçou a última chance de gol aos 41min. Marcelinho Paraíba chutou forte de fora da área e o goleiro Tiago Cardoso foi bem e agarrou firme, garantindo a vitória do Santa Cruz por 2 a 0 na Ilha do Retiro.

Sport 0 x 2 Santa Cruz

Gols
Santa Cruz: Gilberto aos 33min do 1º tempo e Landu aos 20min do 2º tempo

Sport
Magrão; Alex Bruno, Igor e Tóbi (Romerito); Renato, Hamilton, Daniel Paulista (Dutra), Marcelinho Paraíba e Wellington Saci; Ciro (Pablo Pereira) e Bruno Mineiro
Técnico: Hélio dos Anjos

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Éverton Sena, Thiago Matias (André Oliveira) e Leandro Souza; Mário Lucio (Têti), Cléber Goiano, Jeovânio, Memo, Weslley e Renatinho; Landu (Thiago Cunha) e Gilberto
Técnico: Zé Teodoro

Cartões amarelos
Sport: Wellington Saci e Tóbi 
Santa Cruz: Thiago Matias, Renatinho, Landu e Weslley

Árbitro
Cláudio Mercante (PE)

Local
Ilha do Retiro, Recife (PE)