Sanchez diz não saber quando começarão obras para estádio

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, afirmou nesta sexta-feira, em São Paulo, que não há previsão para o início das obras do futuro estádio do clube, em Itaquera, zona leste da capital paulista. Segundo ele, pode ser em maio, junho, julho, agosto...

"Eu já queimei a minha língua duas vezes. Falei que era março e não foi. Disse que seria em abril e não foi. Agora não sei mais. Sempre falta alguma coisa para começar", disse, em tom irônico.

Durante o "Seminário Copa 2014 no Estado de São Paulo", realizado na Assembleia Legislativa paulista, Gilmar Tadeu Ribeiro Alves, secretário especial de Articulação para a Copa do Mundo 2014, que representou o prefeito Gilberto Kassab, afirmou que as obras começariam ainda na segunda quinzena de maio.

"A Prefeitura está fazendo todos os esforços para que se construa o Estádio do Corinthians. Tinha um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) no meio do caminho, mas está assinado, liberando o terreno para que a construtora possa iniciar as suas obras. A certidão de impacto de vizinhança, pela secretaria do Verde e Meio-Ambiente, deve ser entregue na próxima semana. Em maio as obras se iniciarão no estádio do Corinthians", disse.

Sanchez disse não ter essas garantias. "Cobrem essa data dele. O Corinthians nunca trabalhou para que o estádio fosse o de abertura da Copa do Mundo. Esse é um problema da cidade e do Estado de São Paulo. Pela planta original, que previa 45 mil lugares, seria muito mais tranquilo".