Fifa investiga suspeita de fraude em 300 jogos

LONDRES - A Federação Internacional de Futebol (Fifa) investiga cerca de 300 jogos sob suspeita de terem sido fraudados, afirmou Chris Eaton, chefe de segurança da entidade, de acordo com matéria do jornal britânico The Daily Telegraph.

As suspeitas recaem sobre amistosos internacionais e entre clubes europeus relacionados ao mercado de apostas esportivas da Ásia.

"A ameaça que paira sobre a integridade do futebol mundial é significativa", afirmou Eaton, ex-chefe da Interpol.

"As investigações nos mostraram que os trapaceiros chegam a gastar 300 mil dólares para fraudar um amistoso com a esperança de gerar um lucro substancial", completou Eaton, acrescentando que o valor chegaria a "dezenas de milhões de dólares de lucro".

Membros de pelo menos seis federações nacionais estão sob suspeita de participação na rede criminosa, que atuaria em países como Cingapura e na Malásia.