Na estreia de Falcão, Inter elimina Santa Cruz e avança à semi

 

Na primeira partida sob o comando do técnico Falcão, o Internacional bateu o Santa Cruz por 1 a 0, neste sábado, em partida válida pelas quartas de final do segundo turno do Campeonato Gaúcho. Agora, o time do Beira-Rio enfrentará o vencedor da partida entre Juventude e Lajeadense, que jogam no domingo.

Com um atleta a mais desde os 23min de jogo, quando Rodigo Rizo foi expulso por levar o segundo cartão amarelo, o Inter chegou a vitória com um gol de Leandro Damião, aos 34min do primeiro tempo.

O Cruzeiro-RS venceu o São Luiz por 2 a 0, mais cedo, neste sábado. No domingo, o Grêmio encara o Ypiranga, no Estádio Colosso da Lagoa, às 16h, enquanto o Juventude recebe o Lajeadense, às 18h30, no Alfredo Jaconi.

O jogo

 

Desde a chegada da delegação colorada ao Beira-Rio, Falcão foi ovacionado pelos torcedores, que cantavam seu "Ô, o Falcão voltou!". Na entrada em campo, o treinador foi cercado por muitos jornalistas. E, durante o jogo, foi alvo dos cliques dos fotógrafos.

Falcão, nos quatro dias que teve para trabalhar, disse que queria muita movimentação, toque de bola e conversa entre os jogadores. Ainda não foi possível ver todos esses itens, mas o Inter mostrou-se empenhado a dar ao treinador o que foi pedido.

Com muitos toques de bola, as chances foram criadas desde os dois minutos de bola rolando. Como foi treinado, Andrezinho atuou pela direita, mais perto dos volantes, e D'Alessandro, pela esquerda, procurou sempre a linha de fundo.

Empenhado em abrir o placar, o time colorado teve o trabalho facilitado com a expulsão de Rodrigo Rizo, que fez duas faltas seguidas em Rafael Sobis. O Santa Cruz até melhorou um pouco com um homem a menos, mas não impediu o gol.

D'Alessandro recebeu de Guiñazu no campo de defesa e fez um lançamento preciso para Andrezinho. O meia correu mais que o marcador pela ponta direita e tocou para o meio da área, onde Leandro Damião apenas tocou para a rede.

Na segunda etapa, apesar de ter voltado um pouco mais ousado, o Santa Cruz seguiu sendo ameaçado pelo Inter, que tinha em Andrezinho uma das melhores opções de criação de jogadas. O meia, que não vinha tendo chances com Celso Roth, aproveitou muito bem a chance recebida. E tem tudo para permanecer na equipe, acirrando a briga com Oscar.

Com o jogo sob controle, o Inter esteve muito perto de ampliar aos 24min. O goleiro César não conseguiu segurar um forte chute de Sobis e Damião, no rebote, viu a bola sair caprichosamente por cima do travessão. E outras chances foram criadas, de pé em pé. Mas, bem postado defensivamente, os visitantes impediram que as redes balançassem novamente.

O placar foi mínimo. Mas as mudanças, em relação ao time que era montado por Celso Roth, puderam ser notadas. E, a julgar pelos aplausos ao fim do jogo, a torcida parece ter aprovado o trabalho de Falcão.

Próximo desafio

Depois da estreia do treinador, o próximo desafio de Falcão é na terça-feira, contra o Emelec, no Beira-Rio, na última rodada da fase de grupos da Libertadores. Mais uma decisão para o treinador, já que o Colorado ainda não assegurou vaga nas oitavas de final da competição continental.