Atlético-PR faz lição de casa, vence e pressiona Coritiba

 

No sufoco, o Atlético-PR evitou que o Coritiba tivesse a chance de definir o título do Campeonato Paranaense por antecipação. A equipe comandada por Adílson Batista chegou a estar atrás no placar com um estranho gol contra, mas Adaílton garantiu a virada por 2 a 1, neste sábado, na Arena da Baixada.

Com o resultado, o time rubro-negro chegou aos 22 pontos, dois a menos que o Coritiba, que joga neste domingo contra o Roma, em Bom Jesus da Lapa, para tentar manter a vantagem contra o arquirrival.

A surpresa de Adílson entre os onze iniciais do Atlético foi a escalação de Gabriel Pimba na meia, no lugar do lesionado Paulo Baier, já que quem vinha treinando para substituir o capitão atleticano era Héverton. E a falta do camisa 10 parece ter feito falta ao time, que criou poucas oportunidades de gol. Em um primeiro tempo fraco tecnicamente, os torcedores presentes à Arena da Baixada vaiaram o time.

Por isso, Adílson resolveu fazer mudança dupla para a segunda etapa: saíram Gabriel e Gabriel Pimba para as entradas de Héracles e Héverton. Mas um balde de água fria veio logo aos 4min, quando o lateral Bruno Costa calculou errado o recuo e mandou a bola contra as próprias redes, dando o gol de presente ao Paranavaí - que ainda luta com Paraná e Rio Branco para fugir do rebaixamento - e também ao Coritiba, que torcia pelo tropeço do rival.

Ainda abatido com o gol sofrido, Adailton começou a mudar o cenário da partida. Em grande jogada individual, o camisa sete passou por três marcadores e chutou sem chances para o goleiro Paulo Roberto, empatando a partida, aos 17min.

Empolgado, o time rubro-negro partiu para cima, com as chances centradas em um inspirado Adaílton. Até que o atacante foi recompensado com outro gol, aos 30min, depois de aproveitar rebote do goleiro em chute de Madson.

Aos 34min, após levantamento, Rafael Santos cabeceou para grande defesa de Renan Rocha. Na sobra, o atacante do Paranavaí carimbou o travessão.

Branquinho ainda acertou o travessão, nos acréscimos. Assim, o Atlético-PR segurou o placar e agora seca o Coritiba neste domingo para que a vantagem em relação ao rival possa ser revertida no clássico do próximo domingo, em plena Arena da Baixada.

Atlético-PR 2 x 1 Paranavaí

Gol

Atlético-PR: 

Adaílton, aos 17 e aos 28min do segundo tempo

Gol

Paranavaí: 

Bruno Costa (contra), aos 4min do segundo tempo

Atlético-PR: 

Renan Rocha, Wagner Diniz, Manoel, Gabriel (Héracles) e Bruno Costa; Fransérgio (Branquinho), Robston, Gabriel Pimba (Heverton) e Madson; Lucas e Adaílton. Técnico: Adílson batista Paranavaí: Paulo Roberto; Everton, Allison e Jaime; Jean (Eduardo), Márcio, Davi, Tatico e Edson; Pequi (Rafael Santos) e Davi (Rafinha). Técnico: Itamar Bernardes

Cartões amarelos 

Atlético-PR: Lucas, Héverton e Róbston
Paranavaí: Márcio , Rafinha e Tatico

Árbitro 

Marcos Daniel de Camargo

Local 

Arena da Baixada, em Curitiba (PR)