'Joia' de 16 anos do Flamengo encanta a Europa

RIO - Grande nome da Seleção Brasileira Sub-17 e do time do Flamengo campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, Adryan, 16 anos, já desperta o interesse dos gigantes europeus. Segundo a imprensa local, as boas atuações pelo time verde e amarelo fizeram com que o Manchester United alimentasse um interesse em contar com o jovem jogador, assim como o Real Madrid, do técnico José Mourinho.

Habilidoso com a bola nos pés e muito veloz, Adryan é tratado como uma joia rara dentro da Gávea. Diante do contrato de três anos e de uma multa considerada baixa, o procurador do jogador, Reinaldo Pitta, garantiu que na próxima semana se reunirá com os dirigentes do Flamengo para rever os valores e redigir um novo vínculo.

Otimista, o empresário diz que todos no Flamengo acreditam no potencial de Adryan, visto como uma grande promessa para o futuro do clube. "A tendência é ele permanecer no Flamengo. Todo mundo lá tem uma esperança muito grande no Adryan, como há muito não deposita em nenhum outro jogador vindo da base. Na próxima semana vamos assinar um novo contrato, dentro da expectativa que foi criada em cima do jogador", disse Pitta.

No entanto, tanto o empresário quanto os familiares de Adryan admitem que, caso apareça uma proposta "irrecusável" para o jogador e para o Flamengo, a situação pode mudar. "Se for uma proposta muito vantajosa é outra história. Mas nada vai ser feito se o Flamengo não quiser", completou.

Pai e fiel companheiro de Adryan, "seu" Toninho concorda com o empresário do filho. Torcedor do Flamengo, ele sonha ver seu garoto brilhar pelo time do coração, mas, honesto, não descarta uma saída, caso algum clube europeu faça uma super-proposta.

"A vontade dele é se profissionalizar e jogar pelo Flamengo. Mas se houver uma proposta irrecusável, nós vamos ver. Uma coisa é a vontade do jogador, outra é a independência financeira dele", disse Toninho, que comentou o fato de o nome do filho ter sido sondado por clubes como o inglês Manchester United e o espanhol Real Madrid. "É emocionante ver o trabalho dele reconhecido dessa forma", disse.