Com gol salvador de Bernardo, Vasco elimina ABC-RN no sufoco

 

O Vasco reviveu nesta quarta-feira alguns momentos de tensão que tanto o afligiram no início da temporada. Precisando de uma vitória simples, o time cruzmaltino foi para o intervalo perdendo por 1 a 0, empatou no início da segunda etapa e, com um gol salvador do meia Bernardo já no final d partida, venceu por 2 a 1 e se garantiu nas oitavas de final da Copa do Brasil.

Depois de um empate sem gols em Natal, no primeiro jogo, o Vasco se classificaria com qualquer vitória. Entretanto, com um gol do meia Cascata, aos 18min do primeiro, o ABC surpreendeu e botou pressão nos carioca. Empurrado por mais de 19 mil torcedores, o time carioca empatou em cobrança de pênalti do atacante Alecsandro, aos 7min da etapa final - no lance, inclusive, o zagueiro Tiago Garça foi expulso - e virou já aos 32min com Bernardo.

Nas oitavas de final da Copa do Brasil, o Vasco terá pela frente o Náutico, que eliminou o Bangu em jogo único, com a vitória por 2 a 0 no Rio de Janeiro.

O Jogo

Com praticamente todos seus titulares em campo, e com o quarteto ofensivo formado por Felipe, Diego Souza, Eder Luis e Alecsandro, o Vasco tomou o controle da partida logo no início. Nos dez primeiros minutos, apenas os donos da casa tiveram chances de gol, embora não promovessem grandes sustos ao goleiro Wellington.

Aos 15min, Diego Souza levou perigo à meta do ABC pela primeira vez. O meia fez boa jogada individual, mas arrematou mal da entrada da área e mandou à linha de fundo. Três minutos mais tarde, porém, os nordestinos, logo na primeira chance na partida, abriram o placar. O meia Cascata recebeu a bola na ponta esquerda, passou com tranquilidade por Allan e ficou cara a cara com Fernando Prass para só colocar no canto.

O gol obrigou o Vasco a sair mais para o jogo e o time passou a criar boas chances de gol, principalmente, com os chutes de longa distância. Foi mais perto do gol, contudo, que os donos da casa voltaram a levar perigo. Aos 23min, o atacante Alecsandro escapou da marcação de Tiago Graça e, na área, concluiu para boa defesa de Wellington.

Aos 36min, Felipe construiu a última oportunidade do primeiro tempo. O camisa 6 chutou de fora da área e contou com desvio para assustar Wellington, que permaneceu invicto até o intervalo.

Empurrado por sua torcida, que foi em bom número a São Januário, o Vasco voltou melhor para o segundo tempo. Logo aos 4min, o lateral esquerdo Ramon entrou na grande área e foi derrubado por Tiago Graça, que chegou atrasado e cometeu pênalti ¿ o defensor foi expulso foi lance. Alecsandro cobrou com tranquilidade e deu nova esperança ao torcedor vascaíno: 1 a 1.

Com um a mais, o Vasco impôs ainda mais ritmo no jogo, com o ABC apostando apenas nos contra-ataques. Aos 14min, Alecsandro recebeu passe na entrada da área, e finalizou para boa defesa com o pé do goleiro Wellington.

O gol salvador, no entanto, só veio aos 32min. Éder Luís escapou da marcação pela ponta direita, invadiu a área e tocou para Bernardo, que só teve o trabalho de completar para as redes e levantar as arquibancadas de São Januário. Com a virada, o Vasco passou a diminuiu o ritmo do jogo e passou a trocar passes com tranquilidade, para, no sufoco, se garantir entre as 16 melhores equipes da Copa do Brasil.