Apesar dos elogios de Caio Jr., Somália afirma que tem muito a evoluir

 

Conhecido pela sua versatilidade ao atuar em vários setores, Somália recebeu elogios do técnico Caio Júnior pelo seu desempenho no jogo contra o Resende, no último domingo, no Stadium Rio. Na partida, Somália foi escalado na armação junto com Everton e chegou com frequência ao ataque, principalmente pelos lados do campo. Humilde, o jogador agradeceu o apoio do comandante, mas disse que ainda tem muito a evoluir.

Somália costuma conviver com críticas e vaias nos jogos, o que de certa forma serve para mantê-lo com os pés no chão. "Acho que tenho muito a evoluir ainda, muito a crescer. O torcedor vive de emoções, quer ver o time jogando bem. Às vezes nem a vitória convence. Mas temos que ter consciência de que a vaia é ruim, pode tirar a confiança. Não acrescenta nada, o que faz a diferença é o apoio", observou.

A polivalência de Somália o faz ser cobiçado por muitos clubes do Brasil. Com uma virtude em falta na maioria dos elencos, o volante atua como lateral, volante e na armação. "Gosto de saber que estou sendo procurado, mas estou feliz no Botafogo. Tenho característica de jogo que agrada muito o treinador. Todo técnico gosta de ter um jogador assim. Mas meu objetivo maior é ser campeão por aqui", afirmou o jogador.

Apesar de ter jogado bem contra o Resende, Somália não poderá dar sequência à função no jogo desta quarta-feira, contra o Paraná, no jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Na semana passada, o jogador foi expulso na vitória do Botafogo sobre o adversário, por 2 a 1, no estádio Durival de Brito.

 

Com site do Botafogo