Corinthians empata com Botafogo-SP e fica mais longe de líderes

SÃO PAULO - Depois de fechar a 15ª rodada na liderança do Campeonato Paulista, o Corinthians não saiu de um empate por 0 a 0 com o Botafogo, neste domingo, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, e terminou a 17ª rodada em terceiro, mais distante de Palmeiras e São Paulo.

Com desfalques, o time alvinegro mostrou falta de criatividade e pouco produziu para evitar o segundo tropeço seguido - na última rodada, foi derrotado por 2 a 1 pelo São Paulo. Assim, a equipe do técnico Tite fica com 35 pontos, a três do Palmeiras, que venceu o Santos, e dois do rival tricolor, que bateu o Mirassol. O Botafogo, que foi goleado pelo Linense na rodada passada (4 a 0), é o 14º, com 18.

Sem Alessandro, Dentinho e Jorge Henrique, todos suspensos, o Corinthians foi a campo com Moradei improvisado na direita, Ramirez e Willian no setor ofensivo e não conseguiu impor seu jogo na etapa inicial. O time teve dificuldades na criação, e Liedson passou os primeiros 45 minutos isolado. Além disso, a equipe abusava dos chutões dos zagueiros para a frente e pouco assustava. Já o Botafogo tentou tomar iniciativa em alguns momentos, mas também não ofereceu muito perigo.

Em seu único lance de destaque no primeiro tempo, Liedson virou uma bicicleta e quase acertou o canto esquerdo aos 5min. Já aos 11min, Willian cruzou e Morais por pouco não fez de cabeça. Daí até o intervalo, comprovando a falta de inspiração ofensiva, o Corinthians só chegou à meta rival em chutes de longe. Paulinho, duas vezes, exigiu defesas de Júlio César. Já Fábio Santos cobrou falta no travessão. No fim, João Victor, em finalização da esquerda aos 45min, quase marcou para os donos da casa.

Os dois times voltaram sem alterações para o segundo tempo, e os alvinegros começaram no ataque. Aos 4min, Willian finalizou da entrada da área e obrigou Júlio César a fazer boa intervenção. Mas o Corinthians não manteve o ritmo. Sob forte chuva no Estádio Santa Cruz, as equipes abusaram dos erros de passes e fizeram a torcida sofrer nas arquibancadas. De destaque, Liedson cabeceou para fora aos 18min, enquanto Dida chutou com perigo dois minutos depois.

Os técnicos, então, tentaram mudar o panorama do jogo. Argel mandou Chicão e Moacir a campo. Tite trocou Ramirez, que deixou o gramado vaiado pela torcida, por Bruno César. Em seu primeiro lance, o meia recebeu grande lançamento de Willian, mas chutou em cima de Júlio César. Aos 32min, ele cobrou falta, acertou a barreira e aproveitou o rebote. O goleiro do Botafogo pegou de novo. Pouco depois, Dida, também na bola parada, quase fez para os donos da casa.

Nos dez minutos finais, com Edno no lugar de Willian, o Corinthians ainda tentou esboçar pressão e deu espaço para contra-ataques. Mas o zero no placar prevaleceu. No próximo domingo, os comandados de Tite encaram o São Caetano, no Pacaembu. Um dia antes, o Botafogo visita o Mogi Mirim.