Corinthians tenta última cartada por Museu, mas Adriano terá chegada discreta

Funcionários do departamento de marketing corintiano tentam, o que parece improvável, ainda nesta quarta-feira: apresentar Adriano, apelidado de Imperador, no tradicional Museu do Ipiranga. Falta espaço na agenda do local e, principalmente, garantias de segurança ao acervo do Museu. Por isso, a tendência mais provável é que o Corinthians faça o reforço vestir a nova camisa no Centro de Treinamento Joaquim Grava, na quinta, às 16hrs (de Brasília).

A cerimônia deve ser muito mais discreta que a realizada pelo São Paulo para Luís Fabiano, na terça, no Morumbi. O Corinthians não pretende também abrir a apresentação de Adriano para torcedores, seja no Museu do Ipiranga ou em seu Centro de Treinamento, a fim de evitar algum tipo de manisfetação contrária à contratação. O jogador apenas faria uma exposição em campo, para agradar patrocinadores, antes de atender à imprensa pela primeira vez como jogador do clube. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, ele poderia utilizar trajes de Imperador.

Mesmo sendo apresentado na quinta, Adriano só poderá jogar oficialmente pelo Corinthians em praticamente dois meses: com o encerramento do prazo de inscrições do Campeonato Paulista, ele atuaria pela primeira vez, provavelmente, em 22 de maio. É a data da estreia corintiana no Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio, em Porto Alegre.