C13 pede aval do conselho do Corinthians para aceitar saída

A saída do Corinthians do Clube dos 13 não deve ser das mais fáceis, pelo que depender da entidade. Em comunicado assinado pelo presidente Fábio Koff emitido nesta quinta-feira, a organização indica que o desligamento da agremiação alvinegra só poderá ocorrer com comprovação da aprovação do Conselho Deliberativo do clube, elemento que o presidente Andrés Sanchez não tem.

Na nota, o Clube dos 13 também avisou que considerará a saída do Corinthians somente daqui a 60 dias, uma vez que o estatuto da organização prevê aviso prévio de dois meses antes do desligamento. Além disso, a entidade pede cópia do estatuto corintiano, que indica que a agremiação só poderá deixar com o aval do Conselho Deliberativo.

O clima entre Corinthians e Clube dos 13 promoveu provocações por ambos os lados. Nesta quinta, em entrevista coletiva, Andrés alfinetou Fábio Koff e afirmou que o clube não se posicionou completamente. "Não estamos acertados com ninguém como dizem. O Corinthians está tomando uma posição. E quero aproveitar e agradecer ao Koff pelo 'moleque', me sinto elogiado por ser mais jovem com ele", disse