Sob gritos de "olé", River-SE surpreende Botafogo e leva vantagem ao Rio

O Botafogo parece não ter superado a eliminação para o Flamengo na Taça Guanabara. Logo após a derrota do fim de semana, o time carioca entrou em campo contra o River Plate-SE e, apresentando um futebol fraco, perdeu por 1 a 0. A partida, realizada nesta quarta-feira, no Estádio Lourival Baptista, em Aracaju, foi válida pela estreia do clube alvinegro na Copa do Brasil.

Superior ao adversário no início do duelo, a equipe carioca impôs o ritmo de jogo, mas encontrou dificuldade para entrar na área do River. Liderados pelo ex-botafoguense Valdson, os donos da casa endureceram a marcação e seguraram o ataque comandado por Loco Abreu. Na segunda etapa, o River Plate-SE chegou a tocar a bola sob gritos de "olé" de sua torcida e, com um gol de Bebeto Oliveira, garantiu a vitória.

O resultado adia a decisão para o jogo de volta, no próximo dia 3, no Engenhão, no Rio de Janeiro. Os comandados de Joel Santana devem ficar atentos com o sistema defensivo, já que os gols marcados fora de casa são critério de desempate da competição.

O jogo

Pressionando os donos da casa, o Botafogo assustou pela primeira vez aos 12min de jogo. Alessandro jogou a bola na área, Loco Abreu dominou sozinho e finalizou para grande defesa de Max.

A partida seguiu disputada, mas com as duas equipes errando muitos passes. Com maior posse de bola, o Botafogo encontrava dificuldade para criar oportunidades de gol, quando, aos 25min, Loco Abreu apareceu com condições de marcar, mas foi travado na hora do chute.

Para a segunda etapa, a equipe mandante resolveu dar as caras e assustou o goleiro botafoguense com apenas um minuto de jogo. Éder cruzou bola da direita, Bebeto Oliveira escorou para o meio e Bibi chutou para excelente defesa de Jefferson.

Muito brigado, o jogo continuou travado no meio de campo e com pouca criatividade dos jogadores de ambas equipes. Melhor no segundo tempo, o River equilibrou a disputa na volta do intervalo.

Em dois contra-ataques rápidos, os donos da casa assustaram Jefferson. Aos 32min, Fábio Júnior arriscou da intermediária e a bola passou rente ao poste esquerdo. No minuto seguinte, Bibi bateu de longe, mas também não acertou a pontaria e mandou por cima do gol botafoguense.

Os últimos dez minutos de jogos seguiram com o Botafogo pressionando e o River Plate-SE respondendo em rápidos contra-ataques. Em uma destas investidas, o time da casa abriu o placar. Aos 41min, Bebeto Oliveira recebeu passe na área e chutou no canto direito de Jefferson.

O River só não ampliou a vantagem por mais uma boa defesa de Jefferson. Já nos acréscimos, Claudinei foi acionado e concluiu para a meta botafoguense. O goleiro impediu o que seria o segundo gol do time da casa.