Federer passa fácil por espanhol e segue firme rumo ao penta em Dubai

O suíço Roger Federer segue trilhando sem tropeços seu caminho rumo à final do ATP 500 de Dubai, torneio o qual já conquistou quatro vezes. Nesta terça-feira, o atual número 2 do mundo e principal favorito à competição (Rafael Nadal não disputa o evento) derrotou em sets diretos o espanhol Marcel Granollers, número 53 da ATP, e avançou às quartas de final, parciais de 6/3 e 6/4.

Federer, como de hábito, não teve muitas dificuldades em superar seu adversário. No primeiro set, confirmou seu serviço com facilidade e conseguiu uma quebra para abrir 3 a 1, no quarto game, que durou sete minutos e três segundos.

O segundo set não mudou o padrão da partida e Federer, tranquilamente abriu vantagem depois de conseguir uma quebra logo no primeiro game da parcial.

O game mais difícil foi o décimo, em que sacou para fechar a partida. Granollers venceu uma série de match points contra, mas sucumbiu, finalmente, após cometer um erro não forçado, que deu a vitória a Federer

Campeão em Dubai em 2003, 2004, 2005 e 2007, Federer pode conquistar, além do penta na competição, seu segundo evento no ano. O suíço foi campeão em Doha.

Além disso, o maior campeão de Grand Slams da história tem a chance de reencontrar na final o sérvio Novak Djokovic, que o derrotou na semifinal do Aberto da Austrália desse ano.

Na rodada seguinte, Federer enfrentará o ucraniano Sergiy Stakhovsky, número 43 do mundo, que derrotou o letão Ernests Gulbis.