De volta ao Sport, herói de 2006 quer aproveitar chance

O goleiro Gustavo está pronto para voltar a jogar pelo Sport, a partir das 21h desta quinta-feira (horário de Brasília), diante do Central, na Ilha do Retiro. Terceiro reserva até a semana passada, o atleta espera aproveitar a oportunidade surgida após as contusões de Magrão (com dores musculares) e Saulo, que machucou o joelho após marcar o gol que decidiu a vitória da última segunda-feira.

"A gente sente um pouco a dor dele, mas procuramos conversar para que ele continue confiante e volte o mais rápido possível", comentou o agora titular.

Herói do título Pernambucano de 2006, Gustavo vestiu a camisa 1 rubro-negra pela última vez no Brasileiro daquele ano. Porém, o experiente atleta está confiante e recebeu todo o apoio do elenco e do treinador Geninho: "a gente que é goleiro trabalha forte e, quando acontece uma oportunidade, é porque foi o momento certo, então você vai com confiança", disse.

Gustavo admite que o gol de Saulo contra o Vitória, no início da semana, lhe lembrou um pouco seu grande momento na Ilha do Retiro, que foi a partida que deu o título Pernambucano de 2006 ao Sport. Afinal, os dois jogos eram praticamente perdidos. Gustavo pegou dois pênaltis e foi o grande herói da final contra o Santa Cruz em 2006, decidida na cobrança de pênaltis (5 a 4). Já Saulo marcou de cabeça, aos 45min do segundo tempo o gol que decretou a vitória rubro-negra: 2 a 1 sobre o Vitória.

A última partida em que o goleiro atuou foi justamente pelo Nautico, no ano passado. Ironicamente, o título de 2006 foi o início da caminhada que os rubro-negros esperam que leve o time a igualar o hexacampeonato Pernambucano, título que até agora só o ex-clube de Gustabo obteve, e o camisa 1 volta, logo mais, a ser protagonista na batalha.