Lutadores de sumô envolvidos em novo escândalo no Japão

TÓQUIO - A polícia de Tóquio descobriu mensagens de telefone celular enviadas por lutadores de sumô que envolvem os atletas em uma rede de colaboração com o crime organizado, em um sistema de apostas ilegais, informa a imprensa japonesa.

As mensagens SMS foram detectadas nos telefones confiscados de vários lutadores durante uma investigação de apostas ilegais sobre partidas de beisebol, destaca a agência Jiji Press.

A Associação Japonesa de Sumô (AJS) convocou uma reunião urgente do conselho de administração nesta quarta-feira para abordar o assunto. "Se o que foi informado está correto, o governo tem que tratar o caso com a máxima determinação", disse o ministro dos Esportes, Yoshiaki Takaki. A AJS nega envolvimento em lutas com resultados manipulados.

No ano passado, dezenas de lutadores de sumô, considerados no Japão um modelo de conduta a seguir, admitiram ter feito apostas ilegais em partidas de beisebol, organizadas por apostadores ligados ao crime organizado.