Seleção apresenta novo uniforme, mas já pensa em troca

O novo uniforme da Seleção Brasileira, apresentado nesta terça-feira pela Nike na cidade de Niterói, estará à venda no dia 10 de fevereiro - justamente um dia após a estreia das camisas, em amistoso contra a França, no Stade de France, em Saint-Denis.

De acordo com a fornecedora de uniformes da Seleção, a camisa nova vai custar R$ 199,90. A informação foi confirmada por Mário Andrada, diretor de marketing da empresa para a América Latina, que adiantou: as camisas terão vida curta nas lojas.

A idéia da Nike é de que até a Olimpíada de 2016 seja lançado um uniforme por ano. "São várias competições pela frente até 2016, com Copa América, Londres (Olimpíada de 2012), Copa das Confederações, Mundial e Olimpíada (2016). A idéia é termos uma por ano", disse o executivo ao Terra.

Os novos modelos para 2011 trazem como principal novidade uma faixa no peito, que segundo o fornecedor terá uma função estética e simbólica. Na camisa amarela, a faixa é verde; na camisa azul, é amarela.

"É um ano de Copa América, e queríamos simbolizar um guerreiro no peito. Alem disso, tem a função de entrada de ar. Ela tem furos que servem para ventilação do jogador", disse Andrada.

Os novos uniformes da Seleção são todos feitos de garrafas plásticas recicladas - diferente do que acontecia na última coleção, quando apenas a camisa era feita de material reciclável.

Segundo a Nike, o processo de elaboração dos desenhos começou em 2010 e contou com a participação de jogadores e comissão técnica. "Foi um processo interativo, cuja palavra final foi do presidente Ricardo Teixeira", explicou o representante da empresa fornecedora.