Com dois gols de lateral, Bahia bate América-MG e vai à final

O Bahia venceu, neste sábado, o América-MG por 2 a 1, no Estádio Luiz Augusto de Oliveira, em São Carlos, e se classificou para a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os dois gols do time baiano foram marcados pelo lateral direito Madson. O curioso é que o time baiano por pouco não consegue avançar à segunda fase do campeonato, e agora alcança a final do torneio.

Com a classificação, o Bahia enfrentará o Flamengo, que derrotou o Desportivo Brasil nos pênaltis, na decisão da competição. O jogo está marcado para esta terça-feira, dia 25, no Estádio do Pacaembu.

O jogo

O Bahia começou no ataque. Logo aos 2min, Brendon arriscou da entrada da área, mas o goleiro Matheus afastou para escanteio. A primeira boa oportunidade do América-MG aconteceu aos 19min. O zagueiro Lula aproveitou uma sobra da zaga baiana, mas arrematou por cima do gol. Aos 28min, Brendon recebeu na pequena área e chutou por cima da meta.

A pressão do Bahia resultou em gol aos 31min. Madson foi derrubado por Bryan dentro da área. Pênalti que o próprio Madson cobrou com estilo e marcou: 1 a 0. Após sofrer o gol, os mineiros foram à frente e logo conseguiram a igualdade. Aos 37min, Fred fez boa jogada na meia-lua e travou com a zaga baiana. A bola sobrou para Caleb que empatou a partida.

O Bahia tentou voltou ao ataque após sofrer o empate, mas o América-MG marcava bem no meio-de-campo. O time mineiro, porém, não conseguiu lances de ataque no final da primeira etapa, que terminou empatada por 1 a 1.

A segunda etapa começou com o Bahia no ataque. Logo aos 3min, Fábio achou Jussandro na entrada da área. O jogador bateu forte e a bola passou perto da trave. Aos 7min, Fernando aproveitou cruzamento e de cabeça tocou à esquerda do gol de Matheus.

A pressão do time baiano surtiu efeito aos 19min. Em cobrança de tiro indireto dentro da área, Madson acertou o canto direito e colocou o Bahia novamente na frente: 2 a 1. O América-MG sentiu o segundo gol dos baianos e criou poucas chances de concluir. Já o Bahia se fechou e apostava nos contra-ataques.

Esbarrando no nervosismo, o América-MG finalizava muito mal. Só aos 32min, Fred arriscou de fora da área e a bola passou perto. Depois disso, a equipe mineira começou a apostar nos levantamentos para a área adversária. A zaga do Bahia levou a melhor na maioria das jogadas áreas.

Aos 47min, o América-MG perdeu ótima chance para igualar o placar e levar o jogo para os pênaltis. Caleb cruzou a bola na área e Hindian quase conseguiu completar. Após o susto, o árbitro encerrou a partida e os bainos puderam comemorar a classificação à final do torneio.