Camisa de Ronaldinho "vende como água" e esgota no primeiro dia

RIO - A iniciativa do Flamengo de alavancar as ações de marketing com a chegada de Ronaldinho ao elenco já começou a dar resultado nesta terça-feira, um dia depois do anúncio oficial da contratação. De acordo com o que informa o jornal O Estado de S. Paulo nesta quarta, a camisa 10 que será usada pelo craque nos próximos quatro anos foi alvo de grande procura de torcedores e se esgotou na imensa loja que fica na sede do clube, na Gávea. Com a confirmação da chegada do ex-astro do Milan, fãs correram para garantir a camisa com o nome do novo ídolo, comercializada a R$ 159,90.

Fornecedora de material esportivo rubro-negro, a Olympikus também festejou o sucesso ao dizer que o "manto sagrado" está sendo "vendido como água" nas lojas virtuais.

Apesar disso, alegou que, por questões contratuais, não pode dizer o número de itens vendidos até o momento, no primeiro dia de Ronaldinho no Flamengo.

Outro sinal da euforia dos torcedores foi a queda do site oficial do clube por alguns minutos, durante a manhã, devido ao alto número de acessos. Durante o dia, foram mais de 350 mil, muito mais que os 260 mil visitantes registrados em dois dias, na ocasião da conquista do hexacampeonato brasileiro de 2009, após 17 anos de jejum.