Ronaldinho Gaúcho está no Flamengo, só falta comunicado oficial

 

RIO - Depois de passar um fim de semana relaxante na terra natal, Ronaldinho Gaúcho desembarcou no Rio de Janeiro para acertar os últimos detalhes sobre sua transferência para o Flamengo. O jogador chegou no aeroporto Santos Dumont às 20h30 de hoje, sorridente e acompanhado de familiares e oito seguranças, mas preferiu não dar entrevistas.

- Depois vou falar com todo mundo - foi tudo que os jornalistas ouviram do craque.

O vice-presidente do Milan, Adriano Galliani se reuniu com representantes do Flamengo em um hotel na Barra da Tijuca, Zona Oeste, no mesmo horário que o jogador desembarcava. Torcedores que estavam na porta do vibraram com a chegada do dirigente italiano que já tinha afirmado que a negociação com o rubro-negro carioca estava 99,99% acertada. Só faltavam as assinaturas da rescisão com o clube milanês e assinatura do contrato com o Flamengo. 

No tempo que ficou em Florianópolis, o jogador confirmou para amigos que jogaria por três anos e meio no Rio de Janeiro. Assis, irmão e empresário de Ronaldinho, já tinha dado indícios de que o atleta ficaria no rubro-negro. De bermuda florida e chinelo, ele se encontrou duas vezes com o vice de finanças do Flamengo e depois confirmou o destino do caçula:

- É o caminho. Não tem para onde fugir -  declarou.

Enquanto isso, os advogados de Gaúcho se reuniam com a equipe jurídica do Flamengo e da Traffic, parceira do clube no negócio. A orientação no clube da Gávea é esperar que o contrato esteja pronto e assinado por todas as partes envolvidas na negociação.