Técnico recorre à surpresa e vê Mazembe sem responsabilidade para final

Abu Dhabi - O técnico do Mazembe, Lamine N'Diaye, recorreu de novo à palavra surpresa para acreditar na vitória diante da Inter de Milão, neste sábado, às 15h (de Brasília), em Abu Dhabi, pela final do Mundial de Clubes.

Em um discurso parecido com o da véspera da semifinal contra o Internacional, o treinador colocou o seu time como inferior ao rival, mas disse que um resultado só é conhecido depois da partida.

"Sabemos que temos uma partida difícil, mas ninguém ganha antes de jogar. Temos que ser realistas, mas ninguém sabe o que vai acontecer. A vida é cheia de surpresas", disse Lamine N'Diaye.

Porém, o treinador disse que só a presença na final já é motivo de comemoração para um time da Republica Democrática do Congo. Por isso, uma suposta menor responsabilidade pode ser positiva para os africanos. "Essa é uma partida de futebol. Ganhar ou perder não é o importante. Temos que pensar em uma boa partida e representar bem o continente. Isso me deixaria feliz. Meus jogadores têm apresentado bons resultados e espero que isso continue", disse.

N'Diaye ainda escondeu com quais artifícios tentará surpreender a Inter de Milão. "O que temos no papel não é importante. No futebol, não podemos ganhar antes de jogar. Nós vamos trabalhar forte, colocar o melhor time em campo para nos defender, atacar e marcar gols", completou.