FIA decide manter ex-pilotos como comissários de prova em 2011

LONDRES - A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) continuará a utilizar ex-pilotos de Fórmula 1 como comissários das provas da categoria em 2011. A informação foi divulgada nesta terça-feira pelo site da revista Autosport, que diz que a medida será levada também para outras disputas.

Em 2010, a FIA acrescentou um ex-piloto ao trio de comissários que analisavam e julgavam incidentes de corridas. Nomes como Alain Prost, Damon Hill, Emerson Fittipaldi, Nigel Mansell, Johnny Herbert e Alex Wurz participaram da iniciativa, aprovada por pilotos.

Aposta de Jean Todt, presidente da própria FIA, a proposta tem como principal intenção oferecer um ponto de vista dos pilotos a incidentes. A publicação, porém, não afirmou quais categorias (GP2, Fórmula 2, Fórmula 3, entre outras) podem ganhar a mesma orientação.