Adriano é eleito o pior jogador da Itália pela terceira vez

ROMA - O centroavante brasileiro Adriano, da Roma, foi eleito o pior jogador do ano do Campeonato Italiano e recebeu o Bidone d'Oro. É a terceira vez na carreira que o atacante, que pode transferir-se para o Corinthians, vence o concurso realizado pela rádio Catersport.

Além de Adriano, outros cinco jogadores brasileiros estavam na lista de dez indicados: Felipe Melo, Diego, Amauri, Mancini e Ronaldinho. Os zagueiros Materazzi (Inter de Milão) e Cannavaro (ex-Juventus), e os atacantes Cassano (Sampdoria) e Mutu (Fiorentina) eram os outros concorrentes ao prêmio.

A segunda colocação do Bidone d'Oro 2010 ficou com Amauri, que fez temporada ruim com a Juventus, seguido por Ronaldinho, atualmente reserva do Milan.

Adriano é o maior vencedor do troféu, criado apenas em 2003. Felipe Melo, na temporada passada, e Rivaldo, em 2003, quando atuava pelo Milan, também já receberam o prêmio.