D'Alessandro admite insônia antes de estreia no Mundial de Clubes

Meia argentino é a principal esperança do Inter para conquistar o torneio

ABU DHABI - A dois dias de disputar o seu primeiro Mundial de Clubes, o meio-campista D'Alessandro admitiu que está ansioso a ponto de perder o sono antes da semifinal diante do Mazembe, na próxima terça-feira, às 14h (de Brasília), em Abu Dhabi.

"Eu estou há dois dias nervoso, com ansiedade. Eu tento ficar tranquilo, mas não dá. Vou dormir tarde, fico pensando no jogo, tem aquela coisinha no peito que sobe e desce, sobe e desce", disse o jogador, visto como o maior no Internacional neste Mundial.

D'Alessandro, no entanto, disse que confia no potencial do Internacional, o que ao menos alivia seu nervosismo. "Na verdade tenho que ficar tranquilo, porque estamos fazendo um bom trabalho. Confiamos na gente e deixaremos tudo para ganhar esse jogo", completou.

O meio-campista chega ao Mundial como maior estrela colorada. É sempre o mais requisitado em entrevistas e aos 29 anos acredita que pode atingir seu ápice na carreira com um título mundial.

"Pessoalmente, o Mundial é uma das coisas mais importantes da minha vida. Eu acho que é um privilégio ter a chance de jogar em um Mundial tão importante. Depois da Taça Libertadores, eu acho que é a nível de clubes a competição mais importante que jogo", disse.