Quarto goleiro do Inter se diz no mesmo nível dos demais

Com um discurso confiante, embalado pela boa fase que culminou com a conquista da Copa Sub-23 no último domingo, o goleiro Muriel disse que está no mesmo nível dos demais goleiros que treinam com ele no grupo principal do Internacional.

Atualmente a quarta opção do técnico Celso Roth para a posição, o arqueiro de 23 anos deve ganhar uma chance de provar que está certo neste domingo, contra o Botafogo, no Rio de Janeiro. A oportunidade é consequência do rodízio de goleiros promovido pelo treinador, mas Muriel tem convicção que um dia será a opção número um.

"Primeiramente eu sei que posso me incluir neste nível", disse o goleiro, quando questionado sobre qual dos outros três goleiros era melhor. "Trabalho para estar jogando sempre. É o que todo mundo quer".

Muriel está entre os 30 jogadores pré-selecionados do Inter para o Mundial de Clubes de 2010, mas a tendência é que Renan, Abbondanzieri e Lauro viajem. Mesmo assim, até o dia em que Roth irá anunciar os 23 escolhidos, o goleiro, que já passou temporadas no Caxias e na Portuguesa, acha que terá tempo de garantir sua vaga.

"Eu tenho que acreditar no meu potencial. Tem excelentes goleiros trabalhando, mas vou mostrar o meu máximo para mostrar que posso estar no Mundial", afirma o goleiro, que jogou com Alexandre Pato nas categorias de base e sempre foi visto como uma promessa pelo clube.

Analista

Muriel aproveitou para fazer uma análise de seus concorrentes. "O Lauro tem muita força e uma saída rápida. O Pato (Abbondanzieri) é jogador de seleção e Europa. Eu quero seguir o caminho dele. Já conheço o Renan há 10 anos e ele é um goleiro muito rápido. Cada um na sua característica pode ajudar o Inter".