Ronaldinho já faz planos para Copa no Brasil

Craque do Milan volta à Seleção após 19 meses afastado

DOHA - Ronaldinho ainda não esqueceu a frustração por ter não disputado a Copa do Mundo da África do Sul há alguns meses. Em entrevista coletiva nesta terça-feira no hotel onde o Brasil está concentrado para o amistoso diante da Argentina, em Doha, no Catar, o jogador do Milan falou sobre o retorno à Seleção após 19 meses.

"Tem uma emoção diferente por tudo que aconteceu nesse tempo, pelo fato de eu não ter participado da Copa do Mundo. Quando fiquei de fora foi um momento de tristeza. Agora a alegria é em dobro comparada com a primeira vez", explicou o jogador de 30 anos, que é o mais experiente entre os convocados para o clássico sul-americano.

Para apagar a decepção de não ter viajado para a África do Sul, Ronaldinho tem um plano traçado. Ele quer disputar o próximo Mundial, em 2014, no Brasil. "A motivação é muito grande, penso em voltar para a Seleção e ficar até a próxima Copa do Mundo. Esse período longe serviu para me motivar ainda mais", completou.

O jogador não veste a camisa amarela desde 1º de abril de 2009, na vitória sobre o Peru por 3 a 0 pelas Eliminatórias, em Porto Alegre. Ronaldinho foi esquecido por Dunga na reta final pré-Copa e recebeu uma nova oportunidade de Mano Menezes, o novo comandante da Seleção.

O técnico, inclusive, viajou a Milão no mês passado, acompanhou partidas do Milan e conversou com Ronaldinho. "Ele esteve lá, analisou os jogos, falou com os jogadores, observou aquilo que eu vinha fazendo no Milan. Foi simples e curta a conversa", explicou o meio-campista.

Apesar de não ter adiantado, a tendência é que Mano Menezes escale Ronaldinho como titular diante dos argentinos. A experiência do jogador pode fazer a diferença na disputa da vaga com Douglas, que foi convocado pela primeira vez, e Philippe Coutinho, de apenas 18 anos.