Jejum de vitórias do Santos alcança pior índice em 28 meses

SÃO PAULO - Campeão paulista e da Copa do Brasil no início de 2010, o Santos caiu de produção no segundo semestre e alcançou um jejum de seis embates sem triunfos no último sábado, após empatar por 0 a 0 com o Grêmio, na Vila Belmiro. O resultado quebrou uma marca que perdurava no clube paulista há 870 dias - esse foi o tempo que se passou desde a última vez que o time alvinegro permaneceu tantos jogos sem vitórias.

No dia 28 de junho de 2008, o Santos empatava por 0 a 0 com a Portuguesa, pelo Campeonato Brasileiro, no Canindé, e completava uma série adversa de seis partidas sem vencer - o retrospecto negativo durou mais quatro jogos, até o time alvinegro derrotar o Sport por 1 a 0, na Vila Belmiro, e quebrar o tabu de dez duelos sem triunfos, com cinco derrotas e cinco empates.

Depois disso, a equipe santista disputou 160 confrontos e nunca mais ficou sem vencer por tanto tempo. No ano passado, por exemplo, os recordes de partidas sem vitórias foram de apenas cinco jogos, por duas vezes.

A primeira, entre 22 de abril e 17 de maio, durante o período que culminou na eliminação da Copa do Brasil (derrota por 1 a 0 contra o CSA, na Vila Belmiro), na queda nas finais do Paulista (derrota e empate contra o Corinthians) e nos dois empates na estreia do Campeonato Brasileiro (diante de Grêmio e Goiás). Posteriormente, acabou com o jejum contra o Fluminense, no Rio, ao vencer por 4 a 1, no dia 24 de maio.

A segunda, de 12 de outubro a 31 de novembro, também foi em duelos válidos pela competição nacional. Na ocasião, o tabu durou três empates - com Vitória, Prudente e Atlético-PR - e duas derrotas - contra São Paulo e Flamengo - e só terminou quando o Santos bateu o Náutico por 3 a 1, no dia 7 de novembro, na Vila.

Em 2010, a última vitória do time santista foi há mais de um mês, no dia 13 de outubro, contra o Internacional por 1 a 0, na Vila Belmiro. Depois disso, foram quatro empates (com Grêmio, Atlético-MG, Vitória e Inter) e duas derrotas (diante de São Paulo e Prudente). Os resultados adversos tiraram o clube do litoral paulista da briga pelo título do Brasileiro e fizeram a equipe despencar para a sétima posição na tabela.

Na última segunda-feira, o lateral esquerdo Léo chegou, inclusive, a brincar com a má fase em uma entrevista coletiva. "Deixa eu ver... deixa eu pensar... não lembro quando foi a última vez que vencemos, acho que foi o jogo antes do Grêmio Prudente, não é?", afirmou o bem-humorado jogador, cometendo um pequeno equívoco. Antes do compromisso contra o time do interior do Estado, o Santos havia sido derrotado pelo São Paulo por 4 a 3, no Morumbi.

O próximo compromisso da equipe alvinegra é um amistoso contra o Vasco, na quarta-feira, às 21h (horário local), em Teresina, no Piauí, no Estádio Albertão. Em seguida, o Santos encara o Goiás, no domingo, às 19h30 (de Brasília) no Serra Dourada; o Avaí, no dia 28, na Ressacada; e o Flamengo, no dia 5 de dezembro, na Vila Belmiro. Restam apenas quatro jogos na temporada para o clube paulista quebrar o incômodo jejum de triunfos.