Mourinho é expulso, mas Real goleia Murcia e avança

Sem dificuldades, o Real Madrid goleou nesta quarta-feira o Murcia pelo placar de 5 a 1 e avançou às oitavas de final da Copa do Rei. Com uma escalação repleta de reservas, o time da capital construiu o resultado sem o seu comandante. Ainda na primeira etapa, o técnico português José Mourinho acabou expulso e passou a assistir o duelo das arquibancadas do Estádio Santiago Bernabéu.

Depois de empatar por 0 a 0 fora de casa, o Real Madrid entrou em campo para definir rapidamente a classificação. Logo aos 4min, o meia Esteban Grandero aproveitou oportunidade e abriu o marcador para o time do brasileiro Marcelo, um dos quatro titulares utilizados por Mourinho nesta quarta-feira desde o início. Além do ala, o goleiro Iker Casillas, o zagueiro Sergio Ramos e o atacante Gonzalo Higuaín também iniciaram o duelo.

Depois de criar algumas chances sem conseguir marcar, o Real ampliou o resultado ainda na primeira etapa. Higuaín finalizou e Sergio Ramos, em posição irregular, atrapalhou o goleiro, mesmo sem tocar na bola. O árbitro não marcou nenhuma irregularidade e a bola morreu no fundo do gol: 2 a 0.

Na segunda etapa, já com Cristiano Ronaldo e Xabi Alonso na equipe (mas sem Mourinho expulso), o Real criou ainda mais oportunidades e conseguiu ampliar. Aos 30min, Cristiano Ronaldo recebeu llindo passe de trivela de Di María e completou para o gol vazio.

Nos últimos dez minutos, três tentos definiram o placar. Aos 37, Pedro diminuiu de pênalti para o Murcia. Aos 40min, Benzema fez o dele, também em cobrança de penalidade. Aos 45, Xabi Alonso fechou o placar: 5 a 1.

No mesmo horário, Real Betis visitou o Zaragoza e venceu. A ex-equipe do meia-atacante Denílson ganhou por 2 a 1 com gols de Contini (contra) e Martin para os visitantes e um de Jarosik para o time da casa.