Liga de Basquete Feminino abre temporada no sábado

Santo André e Americana fazem a primeira partida; novo campeonato terá oito clubes

SÃO PAULO - Com o intuito de retomar o impulso do basquete no Brasil, a edição inaugural da Liga de Basquete Feminino foi oficialmente apresentada nesta terça-feira, em São Paulo. O campeonato, cuja primeira rodada será sábado, é uma realização dos clubes participantes, com a chancela técnica da Confederação Brasileira de Basquete (CBB).

Dois jogos por semana, sempre às segundas-feiras e sábados, serão transmitidos ao vivo pelo SporTv. A LBF foi criada em maio com a adesão de oito equipes: Americana, Basquete Clube (Araçatuba), Catanduva, Ourinhos, Santo André e São Caetano, representando o Estado de São Paulo, mais Joinville, de Santa Catarina, e Mangueira, do Rio de Janeiro.

A partida que abrirá a temporada 2010/11 será disputada em Santo André, onde o time da casa receberá Americana, a partir das 17h. Depois, às 18h, São Caetano enfrentará Ourinhos, enquanto Joinville recepcionará Araçatuba. No Rio, Mangueira fechará a rodada contra Catanduva, atual campeão nacional.

Atletas, dirigentes e técnicos, além do presidente da CBB, Carlos Nunes, e da diretora de seleções da entidade, Hortência, prestigiaram o evento, realizado no Spaço Quatá, na Vila Olímpia, e que serviu para detalhar a criação da Liga e a primeira competição com caráter nacional.

"Desde maio, conversamos com os clubes e delineamos alguns pontos. Primeiro chegamos a um consenso sobre o formato da competição, e depois passamos a organizar a divisão das cotas de patrocínios, o acerto com a televisão para as transmissões das partidas", explicou Márcio Cattaruzzi, presidente da LBF. "Tudo transcorreu na maior boa vontade para trazermos coisas novas para o basquete feminino. A gente espera poder implantar todas as nossas ideias."