Flamengo lança projeto do "tijolinho" para terminar Centro de Treinamento

 

Buscando concluir as obras do Centro de Treinamentos do "Ninho do Urubu", o Clube de Regatas do Flamengo lançou em coletiva de imprensa na Gávea o projeto "Rubro-Negro para sempre", que permitirá que o torcedor rubro-negro participe efetivamente da construção do CT.

No projeto cada"tijolinho"custa R$250 e o pagamento pode ser parcelado nos cartões de crédito.

A presidente Patricia Amorim, que recebeu o tijolinho de número 001, não escondeu a satisfação por estar realizando este sonho antigo do clube e demonstrou confiança no sucesso da campanha.

"Hoje estamos materializando um sonho do Flamengo. É no CT que nossas futuras gerações vão se preparar, se desenvolver e é assim que mantemos a chama do clube revelador de talentos acesa. O orgulho que tenho como presidente é conseguir tocar este grande projeto, que hoje compartilhamos com os torcedores e associados. A idéia da campanha é democratizar, a todos os rubro-negros, a possibilidade de participar da construção do Flamengo do futuro. Não é um projeto dessa diretoria; é um projeto do Flamengo Essa campanha deixa o torcedor mais próximo do clube", afirmou.

Também presente no evento, o treinador Vanderlei Luxemburgo, se disse emocionado por ajudar o Flamengo a estar construindo seu futuro. Ele avisou ainda que também vai comprar seu "tijolinho".

"Sempre falei que sou flamenguista, nunca escondi isso assim como não escondo minha satisfação por estar de volta ao clube. Minha saída daqui, como treinador, marcou minha carreira no futebol, por isso sempre projetei meu retorno. Agora, estou retornando para ajudar e fazer parte deste projeto. É um momento nobre. Eu vou querer um tijolinho para mim, não só como técnico, mas quero entrar para a história do clube. Quero comprar, quero ajudar a construir esse Centro de Treinamentos. Poder participar disso ativamente, para mim, é muito bom", completou.

Além da presidente do clube e o treinador a coletiva contou com diversos membros da diretoria além de representantes da Brahma, parceira do Flamengo no projeto. Por vídeo, o ex-diretor executivo do Flamengo e maior ídolo do clube, Zico deu seu apoio à iniciativa e afirmou que comprou o seu tijolo, o número 10, e também mais 20 para sua família.

Na plateia, nomes importantes da história do clube e que foram revelados nas categorias de base, como Julio Cesar Uri Geller, Adílio e Rondinelli, além do treinador do time de juniores, Paulo Henrique, e de Diego Maurício e Guilherme Negueba, crias do sub-20 que hoje estão no profissional.

Além de presidentes de poderes e também do ex-presidente George Helal, que dará nome ao CT. No fim do evento, uma surpresa: um vídeo em que Zico, grande ídolo do futebol rubro-negro,