"Ser campeão brasileiro assim é mole", desabafa Renato Gaúcho

    RIO - O Grêmio reclamou muito da arbitragem de Heber Roberto Lopes na derrota para o Fluminense por 2 a 0, nesta quinta-feira, no Engenhão. A maior queixa está ligada à não marcação de um pênalti em cima do atacante Jonas no segundo tempo, quando a partida ainda estava 1 a 0 para o Fluminense.

"Ele é ruim pra caramba", disse o artilheiro do Campeonato Brasileiro. O técnico Renato Gaúcho fez coro aos jogadores, que também acusaram Heber de insultá-los durante a partida: "assim é mole ser campeão brasileiro", disse o treinador da equipe gaúcha. "Vou encerrar minha entrevista assim".

Já o técnico do Fluminense, Muricy Ramalho, afirmou que o árbitro apitou bem e lembrou que não costuma reclamar da atuação dos juízes. "Vivemos em uma democracia, cada um fala o que quer. A gente entende, mas não concorda", disse o treinador.

A vitória manteve a equipe das Laranjeiras na liderança do Campeonato Brasileiro, com 57 pontos, três a mais que Corinthians e Cruzeiro. Já o Grêmio parou nos 47 pontos e caiu para a nona posição.