Ross Brawn deve perder espaço na Mercedes e pode se aposentar

    ROMA - A revista italiana Autosprint informa que Ross Brawn pode ter um papel menor na estrutura da Mercedes a partir de 2011. O dirigente estaria, inclusive, pensando na possibilidade de deixar a Fórmula 1 em definitivo.

A publicação explica que Brawn poderia continuar exercendo funções na equipe alemã, mas apenas "limitado a uma área específica". Desta forma, deixaria de ser chefe de equipe para ocupar apenas um departamento.

A mudança seria resultante de discordâncias entre o dirigente e Norbert Haug, o diretor-executivo da escuderia. A dupla não teria chegado a um acordo a respeito dos carros ao longo da temporada, quando ficaram abaixo do desempenho da antecessora Brawn GP.

No GP da Coreia do Sul, Ross Brawn disse que deve seguir na Fórmula 1, mas admitiu que não tem o mesmo ânimo para participar de 20 corridas por ano.