Mesmo em má fase, Náutico comemora cem jogos de Roberto Fernandes

 

O técnico Roberto Fernandes está prestes a completar uma marca difícil para um profissional do futebol dentro de um clube: 100 jogos. Na sexta-feira, a partir das 20h (de Brasília), diante do Guaratinguetá, em confronto válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasleiro, ele comandará pela 100ª vez o Náutico na carreira.

¿Tenho muito orgulho de poder alcançar esta marca. Em nenhum momento tive a pretensão de chegar nestes números. Sempre me preocupei em fazer o melhor pelo Clube, tanto nos treinamentos como nos jogos. Para mim é motivo de orgulho chegar aos 100 jogos, sabendo que tenho a confiança do torcedor no meu trabalho¿, discursou o técnico, que luta para evitar o rebaixamento do clube à Série C.

O treinador soma três passagens pelo time pernambucano, conseguindo neste período 45 vitórias, 24 empates e 30 derrotas, com um aproveitamento de 53,3%. No entanto, nesta temporada, Roberto Fernandes não obteve o mesmo desempenho das duas primeiras vezes em que comandou a equipe. Em seis partidas, Fernandes soma uma vitória, um empate e quatro derrotas.

O baixo aproveitamento de Fernandes à frente do Náutico corresponde à campanha do time na Série B. Após 31 jogos, os pernambucanos somam apenas 38 pontos e ocupam a modesta 16ª posição, apenas uma acima da zona de rebaixamento.